Sintomas de gravidez de gêmeos

O sonho de muitas mulheres vai além de apenas engravidar, muitas de nós sonham em ter gêmeos. Mas será que uma gravidez de gêmeos produz sintomas diferentes e mais característicos?
Hoje vamos falar sobre as diferenças que existem entre uma gravidez única e uma gravidez gemelar.

As diferenças podem começar logo nos primeiros sintomas de gravidez.

 

Sintomas de gravidez em dose dupla

Embora não seja uma regra absoluta, afinal nada é, é comum que as gestantes com gravidez de gêmeos, apresentem sintomas mais intensos.

Isso vale para os enjoos matinais, o ganho de peso, fadiga e edema (inchaço). É bem comum também que a barriguinha aponte antes do que se espera, afinal são duas vidas exigindo a expansão do útero.

A quantidade de hcg encontrada no sangue e urina da mãe também são mais altas.
Uma gravidez única de 3 semanas por exemplo, pode apresentar uma quantidade de hcg entre 39 e 450mui/ml. Uma gravidez gemelar por sua vez pode indicar valores superiores.

A gravidez de gêmeos exige mais visitas ao médico

A gravidez múltipla ou gemelar, é considerada como gravidez de risco, isso porque as chances de parto prematuro, diabetes gestacional, pré – eclampsia e anemia, são maiores.

 

Por esse motivo o acompanhamento é mais rigoroso e as visitas do pré-natal são mais frequentes. O número de ultrassonografias também pode ser maior, mas isso nem de longe é um problema para as mamães ansiosas que vibram com a possibilidade de vislumbrar mais vezes seus rebentos.

 

Talvez você conheça seus bebês mais cedo

Gestações gemelares raramente chegam até as 40 semanas como a grande maioria dos nascimentos individuais. Na verdade, a maioria das gravidezes de gêmeos, tem ficado entre 36 e 37 semanas.
A partir das 37 semanas, seu bebê já está pronto para nascer e não é mais considerado um prematuro. No caso das gestações gemelares, os bebês tendem a nascer com peso levemente inferior ao normal para o tempo de gestação, mas isso não chega a ser um problema, visto que na grande maioria dos casos o peso fetal supera os 2.000 kg mínimos exigidos para a alta hospitalar. O mais importante nesse caso é a maturação dos pulmões, que nessa fase da gestação já está completa.
Cientistas ainda estão pesquisando para descobrir mais diferenças científicas entre gestações gemelares e gestações únicas.
No momento, estas são as principais diferenças entre uma gestação única e as gestações gemelares.
E você , curtiria ter gêmeos?
Pé no chão e esperança no coração !

 

 

 

 

Licença Creative Commons
O trabalho Blog Mãe à Flor da Pele de Tatiana da Costa foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.
Com base no trabalho disponível em http://www.maeaflordapele.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://www.maeaflordapele.com.
Instagram

4 Comentários

  1. meu pai tem uma irmã gêmea, meu tio irmão do meu pai teve duas meninas, essas meninas tiveram gemeas cada uma agora por parte de mãe, minha prima é gêmea e o meu primo tbm, minhas irmãs ja tiveram bbs e disseram que os gêmeos vem de mim e eu espero muito seria uma realização para a minha vida.
    acho que tenho um pouco de chances rs

  2. Eu estou gravida de gêmeos ao não sei o sexo ainda.

Deixe uma resposta