Garanta o sucesso de sua FIV na primeira tentativa

conheça os motivos que atrapalham o sucesso de sua fiv
Infelizmente, muitos casais sofrem com a infertilidade e
muitos deles passam algum tempo economizando e juntando dinheiro para
tratamentos de fertilidade. Nos dias de hoje tratamentos de infertilidade são sim
mais acessíveis, mas ainda tem um custo elevado para a realidade de muitos. Aprender mais sobre as
razões mais comuns para a falha ou a falta de sucesso desses tratamentos  pode ajudar a determinar o sucesso dos
procedimentos e evitar mais gastos em tentativas posteriores.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O sonho de todo casal que se submete a uma técnica de
reprodução assistida para engravidar é de que a gravidez aconteça na primeira
tentativa, mas nem sempre isso acontece. A taxa de sucesso da FIV, por exemplo,
que é a técnica mais procurada pelos casais com problemas de fertilidade, pode
variar de acordo com a idade e do problema que causou a infertilidade. Uma das maneiras
mais seguras  e acertadas de se aumentar
as chances de sucesso de seu tratamento de fertilidade  é conhecer as principais razões pelas
quais eles falham em primeiro lugar. Vamos observar com cuidado alguns pontos
importantes.

Baixa qualidade dos óvulos

Uma das razões mais frequentes para a falta de sucesso do
procedimento é a baixa qualidade dos óvulos. Um óvulo pouco saudável pode
apresentar falhas na divisão celular, implantação e má formação fetal. Todas
essas questões podem levar a falha do procedimento.
Óvulos de baixa qualidade são mais comuns em mulheres com
idade avançada. Após os 35 anos, a qualidade dos óvulos, bem como a
fertilidade da mulher, sofre um declínio importante. A melhor forma de evitar
falhas no seu tratamento de fertilidade é fazer uma análise genética dos óvulos
que serão utilizados no procedimento. Para a mulher que já não possui óvulos
aptos ao processo, a solução viável é a utilização de óvulos doados.

Anormalidades com espermatozoide

Espermatozoides com anomalias, assim como óvulos de pouca
qualidade, podem gerar grandes transtornos. A dificuldade começa na fecundação
e se estende para divisão celular e formação fetal. Assim como os óvulos,
espermatozoides podem ser testados para atestar sua qualidade.
A fecundação é um processo delicado e muito importante, se o espermatozoide não tiver condições adequadas e capacidade para fecundação o processo fica comprometido.
Se o espermatozoide não tiver condições de fecundar um óvulo
e promover o sucesso da tentativa, espermatozoides de doadores podem ser
utilizados.

Dificuldade de implantação

Outro grande problema quando se trata de tratamentos de
fertilidade é o processo de implantação. O revestimento uterino (endométrio) de
algumas mulheres,  encontra grandes
dificuldades para implantar e sustentar a gestação inicial.
Esta é uma das questões mais difíceis de tratar. Em
determinados casos  alguns  medicamentos ou suplementos podem ajudar a
sanar o problema.
Alternativa bastante eficiente é se atentar a alimentação e
manter uma rotina saudável. A alimentação e rotina leve de exercícios ajudam a
equilibrar os hormônios e favorecem o processo de espessamento do endométrio, tornando
assim o revestimento uterino mais forte e receptivo ao embrião.

De uma forma geral essas são as principais e mais frequentes
causas para a falta de sucesso dos tratamentos de fertilidade. Claro que cada
caso é único e alguns problemas de saúde específicos podem ainda ser a
principal causa para o resultado negativo de sua tentativa de reprodução .
Porém o mais importante nestes casos é discutir e avaliar junto a seu médico
as reais chances de sucesso e o melhor tratamento a ser seguido.

Licença Creative Commons
O trabalho Blog Mãe à Flor da Pele de Tatiana da Costa foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.
Com base no trabalho disponível em http://www.maeaflordapele.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://www.maeaflordapele.com.
Instagram

Be the first to comment

Deixe uma resposta