Síndrome dos Ovários Policísticos |Melhor tratamento

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é ​​uma condição que afeta os níveis hormonais da mulher.

Mulheres com SOP produzem quantidades mais elevadas de hormônios masculinos. Esse desequilíbrio hormonal faz com que desregule períodos menstruais e dificultem a gravidez.

SOP também provoca crescimento de pêlos no rosto, no corpo e calvície. E isso pode contribuir para problemas de saúde a longo prazo, como diabetes e doenças cardíacas .

Pílulas anticoncepcionais e medicamentos para diabetes podem ajudar a corrigir o desequilíbrio hormonal e melhorar os sintomas.

O QUE É SOP?

SOP é um problema hormonal que afeta principalmente a ovulação e atinge mulheres durante a idade fértil (15 a 44 anos). Entre 2,2 e 26,7 por cento das mulheres nessa faixa etária têm SOP.

Muitas mulheres têm SOP, mas não sabem disso. Em um estudo, até 70 por cento das mulheres com SOP não tinham sido diagnosticadas.

A SOP ( Síndrome dos Ovários Policísticos) afeta os ovários de uma mulher, os órgãos reprodutivos que produzem estrogênio e progesterona – hormônios que regulam o ciclo menstrual. Os ovários também produzem uma pequena quantidade de hormônios masculinos chamados andrógenos.

Os ovários liberam óvulos para serem fertilizados pelo esperma. A liberação de um ovo a cada mês é chamada de ovulação.

O hormônio folículo-estimulante (FSH) e o hormônio luteinizante (LH) controlam a ovulação. O FSH estimula o ovário a produzir um folículo – um saco que contém um óvulo – e, em seguida, o LH aciona o ovário para liberar um óvulo maduro.

SOP é uma “síndrome” ou grupo de sintomas que afeta os ovários e a ovulação. Suas três principais características são:

microcistos nos ovários
altos níveis de hormônios masculinos
períodos irregulares ou ausentes
Na SOP, muitos pequenos sacos cheios de líquido crescem dentro dos ovários. A palavra “policístico” significa “muitos cistos”.

Esses sacos são, na verdade, folículos, cada um contendo um óvulo imaturo. Os ovos nunca amadurecem o suficiente para provocar a ovulação.

Falta de ovulação e a Síndrome dos Ovários Policísticos

A falta de ovulação altera os níveis de estrogênio, progesterona, FSH e LH. Os níveis de estrogênio e progesterona são mais baixos do que o normal, enquanto os níveis de andrógenos são mais altos que o normal.

Os hormônios masculinos extras atrapalham o ciclo menstrual, de modo que as mulheres com SOP perdem menos tempo que o normal.

SOP não é uma nova condição. O médico italiano Antonio Vallisneri descreveu pela primeira vez seus sintomas em 1721.

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) afeta quase 27% das mulheres durante a idade fértil. Envolve cistos nos ovários, altos níveis de hormônios masculinos e períodos irregulares.

CAUSAS
O que causa a Síndrome dos Ovários Policísticos ?

Os médicos não sabem exatamente o que causa a SOP ou Síndrome dos Ovários Policísticos . Eles acreditam que altos níveis de hormônios masculinos impedem  os ovários produzir hormônios e produzam ovos normalmente.

Genes, resistência à insulina e inflamação foram todos ligados ao excesso de produção de andrógenos.

Genes
Estudos mostram que a SOP é comum dentro de algumas famílias .

É provável que muitos genes – não apenas um – contribuam para a condição.

Resistência a insulina na Síndrome dos Ovários Policísticos

Até 70 por cento das mulheres com SOP têm resistência à insulina , o que significa que suas células não podem usar a insulina adequadamente.

A insulina é um hormônio que o pâncreas produz para ajudar o corpo a usar o açúcar dos alimentos como energia.

Quando as células não podem usar a insulina adequadamente, a demanda do corpo por insulina aumenta. O pâncreas produz mais insulina para compensar. A insulina extra faz com que os ovários produzam mais hormônios masculinos.

A obesidade é uma das principais causas de resistência à insulina. Tanto a obesidade quanto a resistência à insulina podem aumentar o risco de diabetes tipo 2.

Inflamação na Síndrome dos Ovários Policísticos

As mulheres com SOP geralmente apresentam níveis aumentados de inflamação no corpo. Estar acima do peso também pode contribuir para a inflamação. Estudos ligaram o excesso de inflamação a níveis mais altos de andrógenos.

Os médicos não sabem exatamente o que causa a SOP. Eles acreditam que isso deriva de fatores como genes, resistência à insulina e níveis mais altos de inflamação no corpo.

SINTOMAS  de ovários policísticos

6 sintomas comuns de SOP

Algumas mulheres começam a ver sintomas na logo após a menarca, primeira menstruação. Outras só descobrem que têm SOP depois de terem ganhado muito peso ou tiveram problemas para engravidar.

Os sintomas mais comuns de SOP são:

Ciclos irregulares : A falta de ovulação impede que o revestimento do útero (endométrio)se desprenda todo mês. Algumas mulheres com SOP menstruam apenas 3 ou 4 vezes por ano.

Hemorragia intensa: O revestimento uterino se acumula por um longo período de tempo, de modo que as menstruações podem ser mais intensas e dolorosas.

Crescimento de pêlos: mais de 70% das mulheres com essa condição tem cabelos no rosto e no corpo – inclusive nas costas, na barriga e no peito. O crescimento excessivo de pêlos é chamado de hirsutismo. O hirsutismo é muito presente na Síndrome dos Ovários Policísticos.

Acne: hormônios masculinos podem tornar a pele mais oleosa do que o habitual e se acumularem  em áreas como o rosto, peito e parte superior das costas.

Ganho de peso: até 80% das mulheres com SOP apresentam excesso de peso ou obesidade.

Calvície de padrão masculino: o cabelo no couro cabeludo fica mais fino e cai.

Escurecimento da pele: manchas escuras de pele podem se formar em vincos do corpo como os do pescoço, na virilha e sob os seios.

Dores de cabeça: alterações hormonais podem desencadear dores de cabeça em algumas mulheres.

A SOP ( Síndrome dos Ovários Policísticos) pode atrapalhar o ciclo menstrual, levando a menos períodos. Acne, crescimento de pêlos, ganho de peso e manchas escuras da pele são outros sintomas da doença.

EFEITOS DA SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS NA SAÚDE

Como a SOP afeta seu corpo

Ter níveis androgênicos acima do normal pode afetar sua fertilidade e outros aspectos de sua saúde.

Infertilidade
Para engravidar, você tem que ovular. As mulheres que não ovulam regularmente não liberam tantos óvulos para serem fertilizados. SOP é uma das principais causas de infertilidade em mulheres.

Síndrome metabólica
Até 80% das mulheres com SOP apresentam excesso de peso ou obesidade. Tanto a obesidade quanto a SOP aumentam o risco de níveis elevados de açúcar no sangue, pressão alta , baixo colesterol HDL (“bom”) e colesterol LDL alto (“ruim”).

Juntos, esses fatores são chamados de síndrome metabólica e aumentam o risco de doenças cardíacas, diabetes e derrame .

Apnéia do sono
Esta condição provoca pausas repetidas na respiração durante a noite, que interrompem o sono.

A apnéia do sono é mais comum em mulheres com excesso de peso – especialmente se elas também têm SOP. O risco de apneia do sono é 5 a 10 vezes maior em mulheres obesas com SOP do que naquelas sem SOP.

Câncer do endométrio
Durante a ovulação, caso a mulher não engravide,  o revestimento do útero é expelido na menstruação. Se você não ovular todo mês, o revestimento pode se acumular.

Um endométrio constantemente ou demasiadamente espessado pode aumentar o risco de câncer endometrial. O endométrio normal, após a ovulação, deve ter no máximo 15mm de espessura.

Depressão
Ambas as alterações hormonais e sintomas como o crescimento de pêlos indesejados podem afetar negativamente suas emoções. Muitas mulheres com SOP acabam sofrendo de depressão e ansiedade.

OS desequilíbrios hormonais podem afetar a saúde da mulher de várias maneiras. SOP pode aumentar o risco de infertilidade, síndrome metabólica, apneia do sono, câncer endometrial e depressão.

DIAGNÓSTICO DE SOP

Como a SOP ( Síndrome dos Ovários Policísticos) é diagnosticada

Os médicos tipicamente diagnosticam a SOP em mulheres que apresentam pelo menos dois desses três sintomas:

altos níveis de andrógenos
ciclos menstruais irregulares
microcistos nos ovários
Seu médico também deve perguntar se você teve sintomas como acne, crescimento de pêlos no rosto e no corpo e ganho de peso.

Um exame pélvico pode procurar qualquer problema com seus ovários ou outras partes do trato reprodutivo. Durante este teste, o médico insere os dedos enluvados na vagina e verifica se há algum crescimento nos ovários ou no útero.

Os exames de sangue verificam os níveis mais altos dos hormônios masculinos. Você também pode fazer exames de sangue para verificar seus níveis de colesterol , insulina e triglicérides para avaliar seu risco de doenças relacionadas, como doenças cardíacas e diabetes.

Um ultra- som usa ondas sonoras para procurar folículos anormais e outros problemas com seus ovários e útero.

Os médicos diagnosticam a SOP se as mulheres apresentam pelo menos dois dos três principais sintomas – altos níveis de andrógenos, períodos irregulares e cistos nos ovários. Um exame pélvico, exames de sangue e ultra-som podem confirmar o diagnóstico.

GRAVIDEZ E SOP

A SOP interrompe o ciclo menstrual normal e dificulta engravidar. Entre 70 e 80 por cento das mulheres com SOP apresentam problemas de fertilidade.

Esta condição também pode aumentar o risco de complicações na gravidez .

As mulheres com SOP são duas vezes mais propensas que as mulheres sem a condição de terem partos prematuros. Eles também estão em maior risco de aborto espontâneo, pressão alta e diabetes gestacional.

No entanto, mulheres com SOP podem engravidar usando tratamentos de fertilidade que melhoram a ovulação. Perder peso e baixar os níveis de açúcar no sangue pode melhorar suas chances de ter uma gravidez saudável.

A SOP pode tornar mais difícil engravidar e aumentar o risco de complicações na gravidez e aborto espontâneo. A perda de peso e outros tratamentos podem melhorar suas chances de ter uma gravidez saudável.

DIETA E ESTILO DE VIDA PARA TRATAR A SOP

Dicas de dieta e estilo de vida para tratar SOP

O tratamento para a SOP geralmente começa com mudanças no estilo de vida, como perda de peso, dieta e exercícios.

Perder apenas 5 a 10 por cento do seu peso corporal pode ajudar a regular o seu ciclo menstrual e a melhorar os sintomas da SOP. A perda de peso também pode melhorar os níveis de colesterol, diminuir a insulina e reduzir os riscos de doenças cardíacas e diabetes.

Qualquer dieta que ajuda a perder peso pode ajudar sua condição. No entanto, algumas dietas podem ter vantagens sobre outras.

Estudos comparando dietas para SOP descobriram que dietas pobres em carboidratos são efetivas tanto para perda de peso quanto para redução dos níveis de insulina. Uma dieta com baixo índice glicêmico (baixo IG) que consome a maioria dos carboidratos de frutas, verduras e grãos integrais ajuda a regular melhor o ciclo menstrual do que uma dieta regular para perda de peso.

Exercício físico e a Síndrome dos Ovários Policísticos

Alguns estudos descobriram que 30 minutos de exercício de intensidade moderada, pelo menos três dias por semana, podem ajudar as mulheres com SOP a perder peso. Perder peso com exercícios também melhora os níveis de ovulação e insulina.

O exercício é ainda mais benéfico quando combinado com uma dieta saudável. Dieta mais exercício ajuda você a perder mais peso do que qualquer intervenção sozinha, e diminui seus riscos de diabetes e doenças cardíacas.

O tratamento da SOP começa com mudanças no estilo de vida, como dieta e exercício. Perder apenas 5 a 10 por cento do seu peso corporal se você estiver com sobrepeso pode ajudar a melhorar seus sintomas.

TRATAMENTOS MÉDICOS PARA SOP

Tratamentos médicos comuns para Síndrome dos Ovários Policísticos

As pílulas anticoncepcionais e outros medicamentos podem ajudar a regular o ciclo menstrual e tratar os sintomas da SOP, como o crescimento de pêlos e a acne. No entanto é apenas uma forma de relaxar os ovários. Se mudanças alimentares e de hábitos não forem implementadas, de 1 a 3 meses após a parada do anticoncepcional a condição retornará.

Controle de natalidade

Tomar estrogênio e progestina diariamente pode restaurar um equilíbrio hormonal normal, regular a ovulação, aliviar os sintomas como o crescimento excessivo de pêlos e proteger contra o câncer endometrial. Esses hormônios vêm em uma pílula , adesivo ou anel vaginal .

Metformina

Metformina (Glucophage, Fortamet) é uma droga usada para tratar diabetes tipo 2. Também trata SOP, melhorando os níveis de insulina.

Um estudo descobriu que tomar metformina ao fazer mudanças na dieta e exercício físico melhora a perda de peso, reduz o açúcar no sangue e restaura um ciclo menstrual normal melhor do que mudanças na dieta e exercícios sozinhos . Picolinato de Cromo é a alternativa natural e por vezes mais saudável. Converse com sua nutricionista sobre isso.

Clomifeno
O clomifeno (Clomid) é um medicamento para fertilidade que pode ajudar as mulheres com SOP a engravidar. No entanto, aumenta o risco de gestação ectópica, anembrionária, trombose entre outras coisas. Pode também agravar a situação de algumas mulheres.

Medicamentos para remoção de pêlos
Alguns tratamentos podem ajudar a se livrar dos pêlos indesejáveis ​​ou impedi-los de crescer. Eflornithine (Vaniqa) creme é um medicamento de prescrição que retarda o crescimento do cabelo. Depilação a laser e eletrólise pode se livrar dos pêlos indesejados em seu rosto e corpo.

Cirurgia
A cirurgia pode ser uma opção para melhorar a fertilidade se outros tratamentos não funcionarem. Perfuração ovariana é um procedimento que faz pequenos orifícios no ovário com um laser ou agulha fina aquecida para restaurar a ovulação normal.]

AS pílulas anticoncepcionais e a metformina para diabetes podem ajudar a recuperar um ciclo menstrual normal. O clomifeno e a cirurgia melhoram a fertilidade em mulheres com SOP. Remédios para remoção de pêlos podem livrar as mulheres de pêlos indesejáveis.

QUANDO VER UM MÉDICO

Consulte um médico se:

Você perdeu menstruações e não está grávida.
Você tem sintomas de SOP, como o crescimento de pêlos no rosto e no corpo.
Você está tentando engravidar há mais de 12 meses, mas não conseguiu.
Você tem sintomas de diabetes, como sede excessiva ou fome, visão turva ou perda de peso inexplicável.
Se você tem SOP, planeje visitas regulares com seu médico de cuidados primários. Você precisará de exames regulares para verificar diabetes, pressão alta e outras possíveis complicações.

Consulte o seu médico se você não tiver menstruações ou se tiver outros sintomas de SOP, como o crescimento de pêlos no rosto ou no corpo. Consulte também um médico se você estiver tentando engravidar por 12 meses ou mais sem sucesso.

A verdade sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos

A SOP pode atrapalhar os ciclos menstruais da mulher e dificultar a gravidez. Altos níveis de hormônios masculinos também levam a sintomas indesejados, como o crescimento de pêlos no rosto e no corpo.

Intervenções de estilo de vida são os primeiros tratamentos que os médicos recomendam para SOP, e geralmente funcionam bem. A perda de peso pode tratar os sintomas da SOP e melhorar as chances de engravidar. Dieta e exercícios aeróbicos são duas formas eficazes de perder peso.

Medicamentos são uma opção se as mudanças no estilo de vida não funcionarem. As pílulas anticoncepcionais e a metformina podem restaurar mais os ciclos menstruais normais e aliviar os sintomas da SOP.

Tratamento natural para SOP (Síndrome dos Ovários Policísticos)

Algumas ervas podem trazer grandes benefícios para mulheres portadoras dessa síndrome. Um tratamento natural para SOP com Vitex, chá de folha de amora, astragalus, uxi amarelo, unha de gato e joão da costa são apenas alguns dos melhores tratamentos para Síndrome dos Ovários Policísticos.

Deixe uma resposta