Útero Retrovertido | É preciso tratamento?

Útero Retrovertido é o útero cuja posição do colo está virada para trás. Seu diagnóstico é possível através de exame físico no consultório ou através de ultrassom.

Em pesquisas pela internet, algumas informações podem assustar. Alguns relatos dão conta de problemas enquanto outros afirmam não haver dificuldade para engravidar com útero retrovertido. Afinal, onde está a verdade? Útero retrovertido atrapalha engravidar ou não? O útero virado é uma anomalia?

 

Posição normal do útero

Na maioria das mulheres, o útero se encontra voltado para a região anterior ao corpo (na frente), sobre a bexiga. No entanto,  em algumas mulheres, coisa de 15 a 25 %, o útero está voltado para a região posterior do corpo (útero virado ou retrovertido).
Porém, muitos médicos, a grande maioria,  não consideram essa situação uma anormalidade. Especialistas da atualidade, concordam que é uma característica natural, principalmente porque a grande maioria das portadoras,  não apresenta sintoma algum. O útero virado para trás, sem qualquer sinal de dificuldades adjacentes.

útero retrovertido

 

Por mais incrível que pareça, no passado foram realizadas muitas cirurgias desnecessárias tentando colocar e fixar o útero na posição anterior. Tudo por culpa das crendices de que, com o útero retrovertido, as chances de engravidar eram mínimas.

 

Popular útero virado

Popularmente, o útero retrovertido é conhecido como útero virado e não requer tratamentos ou cirurgias

 

Útero retrovertido móvel

O útero virado móvel, pode acarretar, em algumas mulheres, dores durante o ato sexual. Pode ainda produzir desconforto ou dor nos dias ao redor da menstruação. Fora isso, não causa problemas.

Útero retrovertido fixo

O útero retrovertido fixo pode trazer alguns sintomas mais desconfortáveis. Pode ocasionar dores na região pélvica de forma crônica, ou seja, uma dor que não pára, é constante. Essas dores surgem tanto durante a atividade sexual,  quanto depois do sexo. Algumas mulheres relatam dores até horas após a relação. Pode provocar dores ao urinar e por consequência da dificuldade de escoamento do sangue menstrual, pode diminuir as chances de gravidez em caso de endometriose.

Sintomas de útero retrovertido

  • Dor crônica pélvica ou lombo-sacra ( “dor nas cadeiras” )
  • Dispareunia profunda – dor que surge no ato sexual referida a pelve, mas que Freqüentemente permanece por horas após a relação
  • Dismenorreia – cólicas de menstruação intensas
  • Proctalgia – dor a evacuação
  • Disúria – dor ao urinar
  • Mais raramente , decorrentes do encarceramento do útero na pequena pelve.
Sabe-se atualmente que a correlação do útero retrovertido com a dificuldade de engravidar é devida a maior suscetibilidade de endometriose nestas mulheres. O útero retrovertido dificultaria o escoamento da menstruação pelo orifício do colo e aumentaria o risco de refluir pelas trompas uterinas. Com isso acaba levando a implantação de focos do endométrio na cavidade abdominal ( menstruação retrógrada ).

Posições que facilitam a gravidez com útero retrovertido

 

  • Deitada de costas
  • De joelhos, por trás (posição de 4)
  • De lado
Enfim, posições em que o parceiro fique por trás.
É interessante que a mulher fique deitada de bruços alguns minutos após o fim da relação. A intenção é facilitar a entrada dos espermatozoides no útero.
Autora: Tatiana da Costa
consultora de Fertilidade e Naturopata

Fonte:  Eliane Amábile do Amaral

Médica Ginecologista – CRM 12909

Sobre o autor | Website

Apaixonada pelos tratamentos naturais encontrou na farmácia de Deus meios de auxiliar casais de todo o mundo a realizarem o seu sonho de paternidade. Dedica grande parte de seu tempo aos estudos de tratamentos naturais e técnicas terapêuticas que revertam a infertilidade e aumentem a fertilidade natural. Tatiana da Costa é Consultora de Fertilidade e estudante de Naturopatia

Receba gratuitamente o E-Book que vai mudar a tua história. A fertilidade começa pela boca.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. Gostaria de saber se por ter o útero retrovertido causa sangramento depois do sexo?