Própolis para engravidar e contra indicações

As abelhas são criaturas incríveis. Elas produzem uma grande variedade de substâncias, muitas das quais trazem grandes benefícios à saúde. Apiterapia é o uso de produtos apícolas mel, própolis, pólen de abelha e geleia real para a cura de diversos problemas de saúde. Hoje falaremos um pouco mais sobre a própolis e seus benefícios. Falaremos principalmente de seus benefícios para a fertilidade. Como usar a própolis para engravidar.

 

Esse extrato é uma mistura resinosa de seiva de árvores, brotos de árvores, folhas de árvores e outras fontes botânicas que as abelhas fazem para selar pequenas aberturas em suas colmeias. Aberturas maiores são seladas com cera de abelha. Mais uma vez, os constituintes químicos da própolis de abelha variam de região para região porque plantas diferentes vivem em climas diferentes.

 

Estudos indicam os benefícios da própolis para engravidar

Estudos mostram que o extrato temperado do norte “típica” mostraram que ela contém 50% de bálsamos vegetais, 30% de ceras, 10% de óleos essenciais e 5% de pólen. Esta própolis da região norte é principalmente derivada de coníferas e álamos.

 

extrato de própolisUm estudo publicado na Fertility and Sterility (2003; 80: S32) mostrou algo curioso.  Evidenciou que 60% das mulheres com infertilidade relacionada à endometriose que tomaram 500mg de própolis de abelha duas vezes por dia durante 9 meses engravidaram, contra 20% Por issono grupo placebo.

 

Acredita-se que a dor da endometriose, o tecido cicatricial e a formação de aderências sejam desencadeados por uma resposta inflamatória. O extrato tem demonstrado ser extremamente anti-inflamatória, o que pode reduzir a endometriose.

 

Parece que mais pesquisas sobre seus benefícios estão em andamento. No entanto, estudos preliminares sugerem grande quantidade de propriedades altamente anti-inflamatórias. Por isso, o extrato pode ser extremamente benéfico para problemas de fertilidade. Principalmente problemas que podem desencadear respostas inflamatórias. Problemas como miomas uterinos, endometriose, cistos ovarianos, trompas de falópio bloqueadas, doença inflamatória pélvica (PID) e trauma reprodutivo ou cirurgias.

 

Própolis e os anticorpos antiesperma

 

A própolis para engravidar, também pode conter propriedades imunomoduladoras. Isso pode ser benéfico para problemas de fertilidade. Principalmente problemas relacionados a doenças autoimunes, tais como abortos recorrentes devido a uma resposta imunológica (o corpo da mãe ataca e rejeita o feto), insuficiência ovariana prematura relacionada à autoimunidade e anticorpos antiespermatozoides.

 

Anticorpos antiespermatozoides podem estar presentes em mulheres como uma reação alérgica aos espermatozoides. Assim desencadeando  uma resposta imune para atacar os espermatozoides. Esses anticorpos anti-esperma também podem estar presentes em homens, onde seus corpos atacam seus próprios espermatozoides. Isso é comumente visto em até 70% dos homens que fazem reversão de vasectomia.

 

A própolis no tratamento da endometriose

 

Mulheres com endometriose que tiveram dificuldade de engravidar podem ter um resultado  bem sucedido utilizando-se desse recurso natural, De acordo com um estudo preliminar em Fertility and Sterility (2003; 80: S32). Isso é encorajador para os milhões de mulheres com endometriose que sofrem de infertilidade.

 

No novo estudo, 40 mulheres com endometriose leve e infertilidade primária (ou seja, nunca haviam engravidado) que tentaram engravidar por pelo menos dois anos sem sucesso foram designadas para receber 500 mg duas vezes ao dia de própolis de abelha ou placebo por nove Meses.

As mulheres que tomaram esse produto apícola tiveram uma taxa de gravidez significativamente maior (60%) do que as que tomaram o placebo (20%). Nenhum efeito adverso foi relatado pelas mulheres que tomam própolis para engravidar.

 

A endometriose é uma condição em que as células do revestimento uterino começam a crescer em outras áreas da cavidade pélvica. Os sintomas de ter endometriose são geralmente aderências, irregularidades menstruais, períodos dolorosos, síndrome pré-menstrual e infertilidade.

 

No passado, a cirurgia era a única opção para ajudar a endometriose, mas agora existem mais opções naturais disponíveis, sendo uma delas a suplementação com essa dádiva produzida pelas abelhas .

Poderoso antibiótico e anti inflamatório natural

A própolis, junto com a cera de abelha, é um dos principais ingredientes usados ​​para construir suas colmeias.

 

Estudos em tubos de ensaio, embora preliminares, sugerem esse produto natural pode ter fortes efeitos anti-inflamatórios. A endometriose geralmente é uma condição dolorosa devido à resposta inflamatória do corpo. A própolis para engravidar atua como um anti-inflamatório, reduzindo assim a dor. Vários estudos sugerem que a própolis oral é útil no tratamento do resfriado comum e parasitas intestinais. Outros estudos mostraram que a própolis tópica ajuda contra o herpes genital, herpes labial, cárie dentária, doença periodontal e artrite reumatoide.

 

Contra indicações da própolis.

Quem não pode tomar própolis

 

A nutricionista Clarissa Fujiwara alerta que embora a própolis seja uma substância natural e benéfica para a maioria das pessoas, para algumas pessoas em algumas situações, seu uso  é contra indicado.

 

Crianças, adolescentes, gestantes e lactantes devem utilizar o extrato de preferência sem álcool.

Compostos pressentes na própolis podem retardar a coagulação sanguínea, por isso se você toma anticoagulantes ou tem algum problema de saúde que retarda ou dificulta a coagulação, própolis é contra indicado para você.

 

Ao realizar uma cirurgia é importante que seu uso seja suspenso duas semanas antes da realização da cirurgia. Deve-se esperar ao menos 2 semanas para retomar seu uso após qualquer procedimento cirúrgico.

 

Pessoas com asma precisam de cuidado ao utilizar esse extrato diariamente. Alguns médicos acreditam que determinada substância pode ser prejudicial para alguns asmáticos.

 

Sua principal contra indicação é para pessoas que tem alergia a picada de abelha ou a qualquer outro produto apícola.

 

A própolis na gravidez e lactação é permitida com cautela e sob supervisão de profissional capacitado. Não existem estudos que apontem problemas causados durante a gestação e lactação.

 

Autora: Tatiana da Costa

Consultora de fertilidade e Naturopata

 

Fonte: Hethir Rodriguez – Certified Herbalist, Nutricionista, Nascimento Doula

Clarissa Fujiwara – CRN 3-32.841

Sobre o autor | Website

Apaixonada pelos tratamentos naturais encontrou na farmácia de Deus meios de auxiliar casais de todo o mundo a realizarem o seu sonho de paternidade. Dedica grande parte de seu tempo aos estudos de tratamentos naturais e técnicas terapêuticas que revertam a infertilidade e aumentem a fertilidade natural. Tatiana da Costa é Consultora de Fertilidade e estudante de Naturopatia

Receba gratuitamente o E-Book que vai mudar a tua história. A fertilidade começa pela boca.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!