O que é o hormônio anti-Mülleriano (AMH)?


O hormônio anti-Mülleriano é um hormônio produzido pelas células dos folículos em crescimento nos ovários, portanto esse hormônio é quem sinaliza a reserva ovariana. Seus níveis definem a quantidade, mas não a qualidade dos folículos nos ovários. Também pode e normalmente é usado como um sinalizador, ou marcador de SOP (síndrome dos ovários policísticos).

O hormônio anti-Mülleriano está relacionado a questões de fertilidade, infertilidade e é de alta importância para quem está tentando engravidar. É utilizado como sinalizador de reserva ovariana desde 2002. A reserva ovariana ovariana diminuída pode e normalmente é uma causa de infertilidade.


Principalmente para mulheres que apresentam alterações de FSH e LH, o anti-Mülleriano é solicitado.


Para mulheres em tratamento para infertilidade, o teste hormonal anti-Mülleriano trará respostas para algumas perguntas importantes:

Como está sua reserva ovariana?


Você tem óvulos suficientes para engravidar naturalmente ou mesmo para uma fertilização in vitro bem-sucedida?
Como os ovários respondem à estimulação?
Você precisa considerar o congelamento de óvulos ou planejar uma gravidez mais cedo?

Níveis hormonais anti-Müllerianos


Em mulheres saudáveis, os níveis hormonais anti-Müllerianos aumentam inicialmente até o início da idade adulta e depois diminuem lentamente com o aumento da idade até se tornarem indetectáveis. Isso acontece aproximadamente 5 anos antes da menopausa, quando o estoque de folículos em crescimento se esgota.

A interpretação do nível AMH é dada abaixo. Mas não tente tirar conclusões sobre seus níveis de AMH sozinha, deixe a análise para o seu médico.

 

 

 

Nível AMH

Interpretação

Mais de 3,0 ng / ml

Alto (geralmente um indicador de SOP )

Mais de 1,0 ng / ml

Normal

0,7 – 0,9 ng / ml

Baixa faixa normal

0,3 – 0,6 ng / ml             

Baixo

Menos de 0,3 ng / ml

Muito baixo

Fatores que influenciam os níveis de AMH

AMH e a fertilidade

Existem vários fatores que podem estar contribuindo para o seu baixo AMH. Aqui estão alguns deles:

  • O AMH diminui naturalmente à medida que você envelhece. Pode haver uma ligação entre a fertilidade e a idade , já que o AMH começa a diminuir após os 35 anos.
  • História de distúrbios hormonais e condições médicas relacionadas ao sistema reprodutivo também podem afetar seus níveis de AMH. Por exemplo, mulheres com SOP geralmente apresentam níveis mais altos de AMH.
  • Mulheres com histórico de cirurgia ovariana devido a endometriose , cisto ovariano ou torção ovariana, gravidez ectópica , apresentam maior risco de nível baixo de hormônio anti-Mülleriano.
  • O estresse é uma das maiores influências negativas no AMH. As mulheres que vivem sob constante estresse e pressão mental geralmente acham difícil conceber até que seus níveis de estresse diminuam.
    Sabe-se que a deficiência de vitamina, particularmente a vitamina D, tem uma conexão com problemas de fertilidade e níveis de AMH.

Leia também: Açúcar branco diminui a fertilidade 


O que é um teste AMH?

Um AMH é um exame de sangue laboratorial muito simples que mede os níveis hormonais. Requer 3 ml de sangue e, como os níveis de AMH não mudam durante o ciclo menstrual, o teste pode ser realizado em qualquer dia. Os relatórios retornam geralmente dentro de algumas horas, até alguns dias, dependendo do país ou do hospital em que você está fazendo o teste.

Se o hospital local e as clínicas privadas não oferecerem esse teste, talvez você precise viajar para outra cidade ou outra clínica para fazer o teste. Se você tiver que fazer isso, lembre-se de que não precisa se submeter a nenhum tratamento especial ou seguir uma dieta especial para se preparar para o teste. No entanto, se você deseja agendar outros tratamentos para infertilidade, certifique-se de coordenar suas consultas com outros tratamentos relacionados aos dias do ciclo menstrual.

O que significam os resultados do teste AMH?

Aqui estão algumas referências dos níveis de AMH:

Um nível de AMH acima de 3,0 ng / ml significa que você tem muitos folículos pequenos. Geralmente, é o indicador da síndrome do ovário policístico (SOP). Isso pode potencialmente colocá-lo em risco de Síndrome de Hiperestimulação Ovariana (SHO), se você planeja optar por TRA (tratamento reprodutivo assistido).

O nível de AMH entre 3 e 0,7 ng / ml significa que sua reserva ovariana é normal e há outras razões para infertilidade. Se os seus níveis de HAM estiverem normais e você ainda não tiver conseguido engravidar, pode ser necessário um exame mais aprofundado, além de melhorar sua saúde geral com melhor nutrição, exercícios e mais relaxamento.

O nível de AMH em qualquer lugar entre 0 e 0,6 ng / ml indica ao seu médico que você tem uma reserva ovariana baixa. Isso não significa que você não tem chances de conceber naturalmente, mas significa que você deve tentar engravidar mais cedo ou pode precisar de fertilização in vitro ou estimulação com FSH. Isso não significa que você não tem chances de conceber naturalmente. Níveis baixos de AMH também significam que você provavelmente terá uma menopausa anterior .

Se você estiver tentando engravidar e não houver problemas com a contagem de esperma, um médico que descobrir que seu AMH é normal aconselhará o tratamento a remover outros fatores de saúde que podem afetar negativamente a concepção. Se você e o parceiro forem teoricamente capazes de conceber, seu médico passará a aconselhar tratamentos e mudanças no estilo de vida para melhorar suas chances de engravidar.

Como aumentar suas chances de engravidar se o seu nível de AMH estiver baixo?

Engravidar com AMH alto

AMH baixo significa basicamente que você tem uma reserva ovariana baixa, mas isso não significa que você não é capaz de conceber naturalmente.

Infelizmente, não há maneiras de aumentar seus níveis de AMH. No entanto, se você está tentando conceber, deve fazer tudo o que puder para aumentar suas chances de se tornar pai.

Aqui estão algumas maneiras que podem ser úteis:

Suplementação de vitamina D

Estudos demonstraram que mulheres com vitamina D insuficiente têm maior probabilidade de enfrentar baixo AMH. Como você escolherá aumentar seus níveis de vitamina D? Isso é com você.

Você pode aumentar seus níveis de vitamina com suplementação ou através de uma dieta natural. Você ainda deve fazer um exame de sangue para medir seus níveis de vitamina D.


Suplementação de L-arginina

Sabe-se que a suplementação com L-arginina melhora a função ovariana. No entanto, para fazer a diferença no seu funcionamento ovariano, você deve tomar de 4 a 5 miligramas deste suplemento.

Massagem abdominal

Aumentar a circulação para os ovários é importante para aumentar o funcionamento ovariano. Massagem abdominal pode ajudar com isso.

Seu ciclo menstrual pode fornecer pistas sobre quando é a hora certa de encontrar esperma e óvulo.

Redução de estresse

Ao tentar conceber, você terá que descansar o máximo possível. Permitir-se mais descanso e cuidar melhor de si mesmo, praticar ioga e fazer tudo o que puder para aliviar o estresse aumentará suas chances de engravidar.

Como engravidar com anti mulleriano alto

Resumindo
Conhecer seus níveis de hormônio anti-Mülleriano, juntamente com outros resultados de exames e exames, permitirá que você encontre o melhor tipo de tratamento para infertilidade. Ele permite que seu médico adapte seus tratamentos para que você obtenha os melhores resultados.

Isso lhe dá melhores chances de conseguir uma gravidez mais rápida do que normalmente faria.

 

Autor: Tatiana da Costa 

Terapeuta Naturalista e consultora de Fertilidade 

REGISTRO: P3V-TNAT0022

Deixe uma resposta